1. Destaques

    1. 9 de Janeiro 2019, Lisboa
      09-01-2019
      Marque já na sua agenda o nosso Almoço de Ano Novo. Mais informações em breve. Para... [+]
    2. Uma parceria entre a Asociación Extremeña de la Empresa Familiar e a Universidad Loyola de Andalucía
      01-02-2019
        La Asociación Extremeña de la Empresa Familiar (AEEF) esta trabajando en la... [+]
    3. Corunha, 15 e 16 de Fevereiro 2019
      15-02-2019
        Programa: Sexta-feira 15: 09:30 - Saída do hotel em direcção à... [+]
    4. 1ª Sessão: O dia-a-dia de uma Empresa Familiar
      03-05-2019
      A nossa parceira AESE Business School lança a formação Construir o Futuro - Programa de... [+]
    5. Nova SBE, 20 a 23 de Maio 2019
      20-05-2019
        ONDE A PRESSÃO DA COMPETITIVIDADE ENCONTRA A FORÇA DAS EMOÇÕES Quando família e... [+]
    • Título
    • Imagem
    • Título Consultório
      Logocostaduarte_rgb300_a
  2. Como podemos ajudá-lo?

    A Associação existe para ajudar as EFs a melhorar a sua gestão e alargar o seu universo de conhecimento.

    Temos a informação e o serviço que precisa.

    Coloque-nos as suas questões ou solicite uma reunião. E-mail

  3. Familyshare

     

     

     

  1. Os Associados Assistentes da Associação das Empresas Familiares oferecem, aos Associados das EFs e visitantes do Website, informação actual e relevante, a qual é publicada na página inicial do website e divulgada através de e-mails e das redes sociais da Associação. 

     

     

  2. Alertas

    Abreu Advogados | Newsletter
    Direito Financeiro | AVISO DO BANCO DE PORTUGAL N.º 2/2018
    02-11-2018

    AVISO DO BANCO DE PORTUGAL N.º 2/2018

    O Banco de Portugal publicou o Aviso do Banco de Portugal n.º 2/2018 a 26 de Setembro de 2018 (o “Aviso”), entrando este em vigor já no dia 25 de Novembro de 2018, ou seja, 60 dias após a data da sua publicação.
     
    O Aviso vem regulamentar (i) o cumprimento dos deveres preventivos do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo previstos no regime jurídico do combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo constante da Lei n.º 83/2017, de 18 de agosto[1], no âmbito da atividade das entidades financeiras sujeitas à supervisão do Banco de Portugal, (ii) o cumprimento dos deveres previstos na Lei n.º 97/2017 (que regula a aplicação e a execução de medidas restritivas aprovadas pela Organização das Nações Unidas ou pela União Europeia e estabelece o regime sancionatório aplicável à violação destas medidas) e, por fim, (iii) as medidas a adotar pelos prestadores de serviços de pagamento para detetar as transferências de fundos em que as informações sobre o ordenante ou o beneficiário são omissas ou incompletas.

    NOTICE OF BANK OF PORTUGAL NO. 2/2018

    On 26 September 2018, Bank of Portugal published Notice no. 2/2018 (“Notice”) which shall enter into force on 25 November, that is, 60 days following its publication.
     
    This Notice contains the regulations on (i) the fulfilment by the financial institutions supervised by Bank of Portugal of the duties of prevention of money laundering and terrorist financing under the legal framework on the fight against money laundering and terrorist financing laid down in Law no. 83/2017, of 18 August[1], (ii) the fulfilment of the duties laid down in Law 97/2017 (regulating the implementation and enforcement of the restrictive measures adopted by the United Nations and the European Commission and laying down rules on the sanctions for breaches thereof) and, also, (iii) the measures to be adopted by payment service providers to detect transfers of funds where information on the payer or payee is missing or incomplete.

    Veja o PDF aqui

    Para mais informações por favor contacte:
    Secretária Geral: Dra. Marina de Sá Borges 
    Project Manager: Dra. Luisa Fezas Vital
    Tel+351 213 466 088
Powered by: Bilaweb