1. Destaques

    1. 9 de Janeiro 2019, Lisboa
      09-01-2019
      Marque já na sua agenda o nosso Almoço de Ano Novo. Mais informações em breve. Para... [+]
    2. Uma parceria entre a Asociación Extremeña de la Empresa Familiar e a Universidad Loyola de Andalucía
      01-02-2019
        La Asociación Extremeña de la Empresa Familiar (AEEF) esta trabajando en la... [+]
    3. Corunha, 15-16 fevereiro 2019
      15-02-2019
        Programa: Sexta-feira 15: 09.30 horas. Saída do hotel em direção à... [+]
    4. 1ª Sessão: O dia-a-dia de uma Empresa Familiar
      03-05-2019
      A nossa parceira AESE Business School lança a formação Construir o Futuro - Programa de... [+]
    5. Nova SBE, 20 a 23 de Maio 2019
      20-05-2019
        ONDE A PRESSÃO DA COMPETITIVIDADE ENCONTRA A FORÇA DAS EMOÇÕES Quando família e... [+]
    • Título
    • Imagem
    • Título Consultório
      Logocostaduarte_rgb300_a
  2. Como podemos ajudá-lo?

    A Associação existe para ajudar as EFs a melhorar a sua gestão e alargar o seu universo de conhecimento.

    Temos a informação e o serviço que precisa.

    Coloque-nos as suas questões ou solicite uma reunião. E-mail

  3. Familyshare

     

     

     

  1. Os Associados Assistentes da Associação das Empresas Familiares oferecem, aos Associados das EFs e visitantes do Website, informação actual e relevante, a qual é publicada na página inicial do website e divulgada através de e-mails e das redes sociais da Associação. 

     

     

  2. Alertas

    Angola | EY
    Novo regime de protecção social
    31-10-2018

    Por via do Decreto Presidencial n.º 227/18, de 27 de Setembro, foi aprovado o novo Regime Jurídico de Vinculação e de Contribuição da Protecção Social Obrigatória em Angola.

    O presente diploma introduz diversas alterações ao anterior regime de protecção social e vem revogar o Decreto n.º 38/08, de 19 de Junho, actualmente em vigor.

    Entre outras alterações, destacamos a alteração à base de incidência contributiva da contribuição social. Assim, passa a estar sujeita a remuneração ilíquida, incluindo a remuneração em espécie, auferida pelo Trabalhador nos termos de uma relação jurídico-laboral com uma Entidade Empregadora.

    No entanto, excluem-se da base contributiva os seguintes montantes:

    • As prestações sociais entregues pelas Entidades Empregadoras no âmbito da Protecção Social Obrigatória;
    • O valor correspondente ao Subsídio de Férias;
    • Os valores correspondentes à subscrição ou participação efectuada pelos trabalhadores e pelas entidades empregadoras de modalidades de protecção social complementar previstas em legislação própria.

    Finalmente, chamamos a vossa atenção para o facto do diploma em apreço entrar em vigor 90 dias após a sua publicação, i.e. a 26 de Dezembro de 2018.

    Para mais informações por favor contacte:
    Secretária Geral: Dra. Marina de Sá Borges 
    Project Manager: Dra. Luisa Fezas Vital
    Tel+351 213 466 088
Powered by: Bilaweb