1. Destaques

    1. Orçamento do Estado para 2018
      12-12-2017
        A Deloitte, Associada Assistente da Associação das Empresas Familiares, tem o... [+]
    2. Altis Grand Hotel, Castilho 11, Lisboa
      13-12-2017
      ALMOÇO de NATAL 2017: Já estamos a receber inscrições para o Almoço de Natal de dia 13 de... [+]
    3. A collaboration between European Family Businesses (EFB) and KPMG Enterprise / Uma parceria entre a European Family Businesses (EFB) e KPMG Enterprise.
      31-12-2017
            Veja um resumo aqui Veja o documento completo aqui Para... [+]
    4. As Empresa Familiares e as Novas Gerações
      17-01-2018
        A PwC, em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, a Associação... [+]
    5. Madrid, Espanha
      26-02-2018
        Saiba mais sobre o curso aqui  NOTA : Associados da Associação das Empresas... [+]
    • Título
    • Imagem
    • Título Consultório
      Logocostaduarte_rgb300_a
  2. Como podemos ajudá-lo?

    A Associação existe para ajudar as EFs a melhorar a sua gestão e alargar o seu universo de conhecimento.

    Temos a informação e o serviço que precisa.

    Coloque-nos as suas questões ou solicite uma reunião. E-mail

  3. Familyshare

     

     

     

  1. Os Associados Assistentes da Associação das Empresas Familiares oferecem, aos Associados das EFs e visitantes do Website, informação actual e relevante, a qual é publicada na página inicial do website e divulgada através de e-mails e das redes sociais da Associação. 

     

     

  2. Alertas

    TICKET Serviços
    OE 2017 Norma transitória tributação subsídio de refeição
    29-03-2017

    OE 2017 Norma transitória tributação subsídio de refeição

     

    O n.º 1 do artigo 20.º (Atualização do subsídio de refeição) da Lei n.º 42/2016, de 28 de dezembro, que aprova o Orçamento do Estado para 2017, determina que “O valor do subsídio de refeição fixado na Portaria n.º 1553-D/2008, de 31 de dezembro, alterada pela Portaria n.º 1458/2009, de 31 de dezembro, é atualizado, fixando-se em € 4,52 a partir de 1 de janeiro e em € 4,77 a partir de 1 de agosto.”(sublinhado nosso).

     

    Por força da subalínea 2) da alínea b) do n.º 3 do artigo 2.º (Rendimentos da categoria A) do Código do IRS e das disposições conjugadas constantes da alínea l) do n.º 2 e do n.º 3, todos do artigo 46.º (Delimitação da base de incidência contributiva) do Código Contributivo, a parte do valor do subsídio de refeição a atribuir, em 2017, que passará a ser considerada para efeitos quer de IRS quer de Taxa Social Única, é a que:

    • Exceder €4,52;
    • Exceder em 60% o valor de €4,52 (i.e., acima de €7,23), se o referido subsídio for atribuído através de vales ou títulos de refeição.

     

    Estes limites manter-se-ão em vigor ao longo de todo o ano de 2017, por força do previsto no n.º 1 do artigo 195.º (Norma transitória no âmbito do imposto sobre o rendimento das pessoas singulares) da citada Lei n.º 42/2016, de 28 de dezembro, onde se estipula que: “Para os efeitos do n.º 14 do artigo 2.º do CIRS, no ano de 2017 é considerado o valor fixado para o mês de janeiro.” (sublinhado nosso).

     

    Saiba mais sobre o nosso Associado Assistente TICKET SERVIÇOS aqui   |  Descarregar o Decreto lei aqui

    Se pretender esclarecer dúvidas ou marcar uma reunião com a TICKET Serviços, contacte-nos :

     
    Secretária Geral: Dra. Marina de Sá Borges 
    Tel+351 213 466 088
Powered by: Bilaweb